Quando Eu Percebi Que Estava Apaixonada - E aí Ferrá

Quando Eu Percebi Que Estava Apaixonada

11:00:00


Não sei bem dizer se foi no dia X, ontem ou quando você disse que minha pele era macia. Acho que foi como uma pequena construção, que veio surgindo despercebida no meu horizonte (você sabe como eu não sou nada observadora). Entre sorrisos, brincadeiras, dedos entrelaçados, paciência e abraços, fui descobrindo um pequeno conforto.

Foi com os dias passando, que esse conforto passou de uma pequena poltrona acolchoada pra uma cama de lençóis de fio egípcio e dela para um quarto todo cheio desse sentimento bom que você me passa. Pode até não fazer sentido pensar em mobílias e áreas de uma casa quando penso no seu abraço, mas quem disse que o coração precisa fazer sentido, não é mesmo?

A questão aqui também não é fazer sentido, e sim que, mesmo sem saber exatamente quando foi, eu não pude deixar de notar que, meu bem, eu estou apaixonada por você. Aos poucos fui percebendo os pequenos avisos que meu corpo me dava. Os sorrisos involuntários que minha boca faz questão de despejar em cima de você, a tranquilidade que você me passa em cada um dos seus abraços, as palpitações que meu coração dá ao te ver me esperando, a felicidade que brota em mim cada vez que te vejo sorrir.

Entre meus medos e anseios, é impossível resistir e não me entregar depois de conhecer a paz que você traz. É como tentar lutar contra uma maré que vem pra me salvar, sem que eu perceba para onde ela pretende me levar. Tentar não sorrir com você, não me sentir tão fragilmente entregue ao meu coração ou rejeitar os lampejos da felicidade que você me traz, seria travar uma eterna luta contra a minha própria liberdade de sentir, uma guerra que seria impossível vencer.

Mas sabe, chega até a ser engraçado perceber a bagunça que é esse sentimento. É um completo paradoxo de medos e desejos, paz e tormento — não se culpe, você sabe que sou ansiosa de natureza — certezas e indecisões. A língua portuguesa nunca teve um sentido tão concretamente subjetivo pra mim e essa é só uma das muitas razões pelas quais eu pude finalmente descobrir que, sim, eu estou apaixonada por você.

You Might Also Like

0 Comentários